Sobral de São Miguel enquanto freguesia possui uma área de 22,37km2 que compreende dois lugares urbanos distintos. A aldeia do Sobral de São Miguel que é o núcleo mais importante, desempenhando funções de sede de freguesia e o lugar do Pereiro, que dista da aldeia 4,5km e com 418 habitantes (Censos2011). A sua densidade populacional é de 17,5 hab/km².

O nome desta aldeia deriva do latim Suberale que designa terreno onde crescem sobreiros. Contudo o seu nome nem sempre foi Sobral de São Miguel, pelo facto de ter pertencido até 1888 a Casegas, tornando-se posteriormente a esta data independente administrativamente, no entanto continuou a possuir o nome Sobral de Casegas até 1970 passando neste ano a nominar-se Sobral de São Miguel depois do dia 27 de Fevereiro de 1970 por Decreto-Lei n.º 69/70 de 27 de Fevereiro. Integra a Rede das Aldeias do Xisto, desde 2010.

Esta área foi ao longo dos tempos uma zona de passagem, das rotas que uniam o interior da Península ao seu litoral. Segundo alguns historiadores, as minas e os buracos existentes na área serrana, são um testemunho da passagem dos povos romanos e muçulmanos por estas paragens, nas quais procuravam o estanho necessário para o equipamento dos respetivos exércitos. Mais tarde foi desenvolvida com a atividade das Minas da Panasqueira com a exploração do volfrâmio, um dos melhores metais do género do mundo.

Conhecida como o Coração do Xisto, os seus habitantes mantém as tradições bem presentes, sendo esta aldeia um verdadeiro Museu vivo. Mesmo ao pé da Serra do Açor, é evidente este aglomerado de construções em Xisto, ideal para passeios pedestres e para disfrutar de experiências únicas.



Related news

Table bootstrap jquery modal
Observatoire astronomique de laval clover
Editorial de moda de revista vogue ninos
Ras al khair accommodation in london
Birth certificate request oakland county michigan
Modanella weddings in vegas
De que trata el papiro de kahunas
Questionnaire teaching methodology
Gaulois documentaire scientifique